8 de mai de 2011

GUANAMBI 1 X 4 ITABUNA. A PARTIDA

Estádio 2 de Julho, em Guanambi.
O Guanambi recebeu na tarde de hoje, 08, a equipe do Itabuna nos seus domínios e acabou sendo derrotado pelo Dragão do Sul por 4 a 1. A equipe do Guanambi começou a partida com mais disposição e partiu para cima do Itabuna, com ataques perigosos de Zé Márcio e Nénem. O Itabuna não demorou para reagir na partida e logo aos 6 minutos, Élder perdeu uma chance cara a cara com o goleiro Manchinha e aos 16 com o atacante Vágner. O gol não demorou a sair e aos 20 minutos após uma jogada trabalhada pelo lado esquerdo do ataque do Itabuna a bola chegou pra Vágner que cruzou para Élder completar de chapa para o gol. A situação do GAC ficou ainda pior quando o meia Souza fez uma falta dura, por trás, e acabou sendo expulso pelo árbitro, deixando o time e a torcida local na bronca com a arbitragem. Daí em diante só deu Itabuna, com jogadas bem trabalhadas pelos meias Wencley e Ramires os atacante Vágner e Élder sempre chegavam com perigo ao gol adversário. Os times voltaram do mesmo jeito para o segundo tempo e logo aos 6 minutos Vágner balançou as redes do Guanambi, ampliando o placar. Élder puxou um contra ataque rápido tocou para Wencley que deu um passe perfeito para Vágner, que driblou o goleiro e empurrou a bola para os fundos da redes. A equipe da casa reagiu rápido e teve um penalty marcado a seu favor depois de uma falta do lateral Dalvan. Euder partiu para bola, e para surpresa dos torcedores do Guanambi, o goleiro Vandré fez a defesa, porém a arbitragem mandou voltar, alegando que o goleiro do Azulino tinha se adiantado. No segundo penalty quem partiu foi Bebel e dessa vez bateu sem chances para o goleiro do Itabuna, diminuindo o placer, 2 a 1. O técnico Marco Antonio fez três mexidas no time, colocou Felipe, Thiago e Leozinho, nos lugares de Jair, Zé Márcio e Paulo Henrique. As mudanças surtiram efeito e o Guanambi quase empatou o jogo aos 26 minutos com jogada perigosa de Leozinho. O Itabuna respondeu com Élder, aos 28, após boa jogada de Vágner. Aos 29 do segundo tempo o Itabuna praticamente matou o jogo quando mais uma vez Wencley meteu um passe preciso, no meio dos zagueiros, e Vágner, artilheiro da competição com 7 gols, concluiu com precisão para o fundo das redes. O técnico Danielzinho ainda promoveu as estréias de Guga e Mika, nos lugares de Pink e Ramires. Com o jogo definido nos acréscimos o Itabuna anda balançou novamente as redes com Élder após cruzamento de Dalvan e a falha no corte do zagueiro Marcão. O Itabuna ainda perdeu o zagueiro Alex, que sentiu uma contratura na coxa e foi substituído por Alisson. Os destaques da partida além dos atacantes que foram decisivos, foram os meias Wencley e Ramires e o zagueiro Naldo, dando bastante segurança à defesa do Azulino. O Itabuna folga na próxima rodada e só volta a campo no dia 21, contra a equipe do Poções no Luiz Viana Filho.

FICHA TÉCNICA

GUANAMBI 1 X 4 ITABUNA

ITABUNA - Vandré; Dalvan, Alex (Álisson), Naldo e Péricles, Claúdio, Pink (Guga), Ramires (Mica) e Wencley, Vagner e Helder. Técnico: Danielzinho

GUANAMBI - Manchinha; Bebel, Diogo, Marcão e Euder; Jairo (Felipe), Kaká, Paulo Henrique (Leozinho) e Souza (expulso); Zé Márcio (Tiago) e Neném. Técnico: Marco Antonio


ARBITRAGEM: Reinaldo Silva de Santana (central), Ademir Moreira Nunes e Silvano Gomes dos Santos (assistentes)

Gol de Hélder (2) e Wagner (2) (Itabuna)
Gol de Dedel (de penalty - Guanambi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário