15 de jun de 2011

TORCIDA NA BRONCA COM FALTA DE REFLETORES NO ITABUNÃO

Torcedores do Azulino usaram velas para protestar contra o sumiço de refletores do estádio Luiz Viana Filho. O primeiro jogo das finais da Série B do Campeonato Baiano teve de ser disputado em plena tarde de quarta-feira (15) porque o sistema de iluminação do estádio não funciona. O próprio Itabuna Esporte Clube sofreu no bolso, pois apenas 1.987 torcedores compareceram ao estádio por causa do horário. A renda divulgada foi de R$ 13.650,00.

Um dos organizadores do protesto, o autônomo Flávio Mota Bonfim cobrou da prefeitura a colocação dos refletores. “Se o jogo fosse à noite, a renda era maior, pois todo mundo vinha. Muita gente que poderia vir, está trabalhando”. Outro torcedor, Enes Borges, lamentou que parte dos refletores tenha sido desviada para o campo de futebol amador em Ferradas.
A prefeitura não explicou onde foi parar o placar eletrônico comprado neste semestre para o estádio Luiz Viana Filho. O placar seria instalado em abril, mas a Série B terminou e… nada. A explicação da Secretaria de Esporte, Recreação e Cidadania era que os refletores não teriam sumido, mas há necessidade de substituição do gradeado. A licitação para isso teria sido feita, porém a troca da grade de sustentação dos refletores não ocorreu até hoje, último jogo do Azulino na Série B no Itabunão. Já quanto ao placar eletrônico, a culpa é atribuída à empresa contratada para fornecer o equipamento.

Fonte: Pimenta na Muqueca

Veja as explicações que o Secretário de Esportes deu sobre a situação do Itabunão com exclusividade à TV Avante Dragão, no dia 19/05.

Um comentário:

  1. Se as grades estávam com problema porque não retiraram as grades das outras 3 torres, já que são do mesmo material e foram instaladas na mesma época???
    Simples: a prefeitura tirou os refletores e mandou pra outro lugar por falta de compromisso e respeito com o time da cidade, isso sim.

    ResponderExcluir