12 de nov de 2011

BAIANÃO DE 2012 DEVE CONTER MUDANÇAS NO REGULAMENTO

A fórmula do Campeonato Baiano de 2012 será diferente da deste ano. Em reunião com os clubes participantes do certame do ano que vem, que, novamente, terá transmissão exclusiva da Rede Bahia, a Federação Baiana de Futebol (FBF) optou por uma competição considerada “mais justa”. Em 2012, os 12 clubes – Atlético, Bahia, Bahia de Feira, Camaçari, Feirense, Fluminense, Itabuna, Juazeiro, Juazeirense, Serrano, Vitória e Vitória da Conquista – jogarão entre si na primeira fase em partidas de ida e volta. Os quatro melhores se classificam às semifinais e se enfrentam em confrontos entre 1ºx4º e 2ºx3º. Os vencedores dos confrontos decidem a competição. O martelo ainda não está batido, mas segundo o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, a tendência é essa. “É uma fórmula que usamos em 2009 e que os clubes e os torcedores gostaram”, avalia. Para ele, a fórmula corrige de forma positiva o último campeonato, que possuiu um Torneio da Morte. “Os dois piores serão rebaixados e pronto”, afirma.

Nordestão – O Baiano de 2012 terá outra novidade. Os três primeiros colocados ao final da competição estarão automaticamente classificados para a Copa do Nordeste. O torneio voltará em 2013, com chancela da CBF. “É uma competição importante para as federações e para os clubes e já se mostrou rentável nas edições que teve”, defende Ednaldo. Serão três clubes de Bahia e Pernambuco e dois de Sergipe, Alagoas, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. As federações nordestinas destes estados anunciaram que a perspectiva mínima de rentabilidade da Copa do Nordeste é de R$ 20 milhões por edição. O planejamento até 2022 projeta um aumento de receitas anual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário