22 de jan de 2012

ITABUNA APÁTICO VIRA PRESA FÁCIL PARA A JUAZEIRENSE

Com um futebol atônico e desorganizado, o Itabuna Esporte Clube conheceu seu primeiro tropeço no Campeonato Baiano de 2012. A equipe além de não mostrar um bom futebol, enfrentou uma equipe bem postada em campo e com jogadores inspirados, como os atacantes Clodoaldo e Cicinho, que deram bastante trabalho a zaga itabunense.

Foto: Wesley Souza
A Desportiva Juazeirense, jogando dentro de casa e com o apoio de sua torcida, partiu para cima do Dragão do Sul, e não enfrentando dificuldades em envolver o IEC, abriu o placar logo aos 3 minutos, quando Naldo cruzou pra trás e Clodoaldo, o baixinho matador, finalizou sem chances para o goleiro Badio. O Itabuna ainda tentou superar o gol e tentar se reorganizar em campo, mas aos 14 minutos veio a ducha de água fria. Após bela jogada de Clodoaldo, o baixinho cruzou a bola para dentro da área, o lateral Gazinho e o goleiro Badio bateram cabeça, e o meia Willian chegou com velocidade e ampliou para a Desportiva Juazeirense. Quase sem deixar o Itabuna respirar, em nova falha da zaga itabunense, o zagueiro Ricardo cometeu penalty em Cicinho, Clodoaldo bateu com tranquilidade e deslocou o goleiro azulino. A partir daí o Canção de Fogo passou a administrar a vantagem, o Itabuna passou a ter mais posse de bola, mas sem conseguir criar jogadas de perigo. No fim do primeiro tempo o Dragão ainda passou a jogar com um a mais, após a expulsão do zagueiro Marcão, da Juazeirense, que recebeu o segundo amarelo, depois de fazer falta violenta em Wenkley.

Demonstrando bastante insatisfação com seu time, o técnico Danielzinho, mudou de cara para o segundo tempo, dois jogadores, sairam Hamilton e Wenkley, entraram Levi e Danilo. No segundo tempo da partida o Itabuna tomou a iniciativa do jogo e voltou com mais disposição, porém esbarrava na falta de inspiração de seus atletas. Já a Juazeirense apostava nos rápidos contra ataques e seguia dando trabalho ao goleiro Badio. Logo aos 5 minutos o lateral Leumir, da Desportiva, foi expulso, deixando o Itabuna com dois a mais em campo, porém a equipe continuou a atacar de forma desorganizada. Aos 20 minutos, o técnico Danielzinho tentou a última cartada, colocou Falcão no lugar de Juca, mas sem sucesso. Após 4 minutos de acréscimo, árbitra Daniela Coutinho, ergueu os braços e apitou o fim de jogo. Juazeirense 3 x 0 Itabuna.

O Itabuna volta a campo na próxima quarta-feira, 25/01, contra o Bahia de Feira, no Estádio Luiz Viana Filho, as 20:30. Já a Juazeirense enfrenta o Bahia, em Salvador, no mesmo horário.

Por outro lado, quem vai realizando uma boa campanha é a equipe sub-20, o "Dragãozinho" empatou com o Juazeirense em 3 a 3, gols de Lúcio, Raul e Caíque, descontando Pablo, Andrei e Cristian para o time da casa. No primeiro jogo, venceu o Serrano por 1 a 0, na quarta feira passada no Itabunão. O time comandado por Zé Silva soma agora 4 pontos

FICHA TÉCNICA
JUAZEIRENSE X ITABUNA


Local: Estádio Adauto Morais
Horário 17 horas
Arbitragem: Daniella Coutinho Pinto (central), FIFA, de Feira de Santana, José Raimundo Dias da Hora e Mick Santos de Jesus (assistentes)
Gols: Clodoaldo (04´1º), William (13´1º), Clodoaldo, de pênalti (19´1º)
Renda: R$ 13.150,00
Público: 1.564

ITABUNA - Baggio; Gazinho, Alex, Ricardo e Wescley; Cláudio, Hamilton (Levi), Wenkley (Danilo) e Victor; Juca (Falcão) e Vágner. Técnico: Danielzinho

JUAZEIRENSE - Vinicius; Leomir (expulso), Marcão (expulso), Ed e Neném; Vaguinho, Naldo, William e Clodoaldo (Capone); Cicinho (Tião) e Fábio Saci (Da Silva). Técnico: Paulo Sales

Nenhum comentário:

Postar um comentário