29 de jan de 2012

ITABUNA SURPREENDE E ARRANCA EMPATE CONTRA O VITÓRIA


Mesmo vindo de duas goleadas e enfrentando um adversário dificílimo, o Itabuna fez uma partida melhor que as anteriores e com uma defesa sólida, o Dragão conseguiu um 0 a 0, na tarde de hoje, no Barradão. O destaque da partida foi o goleiro Baggio, que fechou o gol azulino e frustrou as chances do ataque rubro-negro.

Foto: Bahia Noticias
O Vitória começou a partida melhor e foi pra cima do Itabuna, que se defendia bem. Logo as 14 minutos, após cobrança de escanteio feita por Lúcio Flávio, Uelliton suubiu mais alto que a defesa do Dragão e escorou pro fundo das redes. O árbitro Rodrigo Cintra, atendendo o auxiliar, anulou o gol, pois Neto Baiano, impedido, participou da jogada. A partir daí o jogo ficou morno, o Vitória tinha mais posse de bola, mas não conseguia converter essa ventagem em jogadas de perigo.

Para o segundo tempo, o treinador Toninho Cerezo trocou Geovanni, que fazia uma má partida, por Adaílton. A mudança deu certo e deu mais ritmo ao ataque do Vitória, que passou a incomodar a defesa do Itabuna, o que abriu espaço para as boa defesas do goleiro Baggio. O Vitória pressinou até o final, mas não conseguiu tirar o zero do placar. O Itabuna segue sem vencer no campeonato, mas o empate mostra que dias melhores podem vim para o Dragão do Sul.  
Foto: A Tarde

Na próxima rodada o Itabuna vai à Serrinha, enfrentar o Atlético de Alagoinhas, na quarta (01/02). Já o Vitória viaja para Feira de Santana onde enfrenta o Fluminense.

O sub-20 do Itabuna perdeu a invencibilidade em Salvador, diante do Vitória. 3 a 0 foi o placar, gols de Gabriel e Dênis (2). O "Dragãozinho" totaliza 7 pontos na competição. Venceu o Serrano, 1 a 0; empatou com o Juazeirense 3 a 3; ganhou do Bahia de Feira por 2 a 1 e perdeu para o Vitória por 3 a 0.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA X ITABUNA

Local: Estádio Barradão
Horário: 17 horas
Arbitragem: Rodrigo Martins Cintra (central), Raimundo Carneiro de Oliveira e Cláudio Santos Oliveira (assistentes).

Vitória: Douglas; Léo, Dankler, Gabriel (Alan Henrique) e Wellington Saci; Uelliton, Mineiro, Michel e Lúcio Flávio (Felipe); Geovanni (Adailton) e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo.

Itabuna: Baggio; Gazinho, Ricardo, Weskley e Murilo; Cláudio, Levi, Wenkley (Hamilton) e Vítor; Wagner e Hélder (Danilo). Técnico: Danielzinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário