31 de mar de 2012

EM CRISE O ITABUNA ENFRENTA O VITÓRIA NESTE DOMINGO

O clima ficou tenso na manhã deste sábado, 31, no Estádio Luis Viana Filho. Os jogadores do azulino ameaçaram não treinar e nem entrarem em campo no jogo deste domingo contra o Vitória, pelo Campeonato Baiano. Os jogadores que estão sem receber seus sálarios, há dois meses, ameaçaram entrar em greve. O pessoal da rouparia também, pois os mordomos Eudes e Bizú, estão com salários atrasados também. A situação só foi resolvida quando o técnico Gelson Fogazzi ligou para o presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, e o mesmo se prontificou a ajudar. Ele informou ao Fogazzi, que a renda deste jogo contra o Vitória, ficaria com o Itabuna, que repassaria para os jogadores do Itabuna e que na FBF havia um dinheiro disponível para o azulino e esta verba iria ser repassada a diretoria para tentar quitar a divida com os atletas e comissão técnica. 

Logo após essa confusão, foi realizado um rachão e o destaque negativo ficou por conta do gerente de futebol e preparador físco, Gabriel Silva, que andou tomando algumas aulas com o atacante Deivid do Flamengo. O time para o jogo deste domingo esta definido e com algumas mudanças, todas elas por suspensões e contusões. O goleiro Pedro Henrique, o zagueiro Alex e o lateral esquerdo Wesckley, estão fora por contusão. O atacante Wagner e o zagueiro Diêgo por suspensão. O time vai a campo com a seguinte formação : Xandy; Levy, Bruno, Lucas e Murilo; Claúdio, Rogério, Gazinho e Túlio; Matheus Castro e Fernando. Fogazzi ainda pode mudar a equipe. O atacante Fernando, não participou da prática pois estava fazendo tratamento mais não é duvida. 

Pelas informações que o reporter Fabio Sousa obteve nos bastidores, o goleiro Pedro Henrique e o volante Pink, estão indo embora, a diretoria não confirma a informação. O volante Levy não participou da prática e nem apareceu no Itabunão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário