4 de jul de 2013

VIROSE PODE TIRAR ZAGUEIRO DE PARTIDA DECISIVA

O Itabuna continua trabalho firme e forte para o jogo importante, o primeiro contra a Catuense, pela fase mata-mata da semifinal do Campeonato Baiano da Segunda Divisão. Nesta quinta-feira, 04, os jogadores voltaram ao Itabunão para trabalhos em tempo integral. Pela manhã foi observado um treino físico, enquanto que a tarde o técnico Rodrigo Fonseca trabalhou com bola, intercalado com um físico-técnico, que também contou com a participação no comando do preparador Donizete Leal. A baixa das atividades foi o zagueiro Clésio, que por causa de uma virose, ficou ausente. O jogador, que é considerado um dos líderes e que mantém muita raça na equipe, vem sentindo fortes dores no corpo e se diz preocupado com sua condição física no momento. Ele espera se recuperar a tempo para poder continuar ajudando o Itabuna, ainda mais nesta fase da competição, onde o Dragão classificado estará automaticamente na primeira divisão do Baianão de 2014, independente de ser ou não o grande campeão da competição. Durante o treino com bola, o zagueiro Rodiney foi escalado na posição e, caso Clésio não reúna condições, esta será também a primeira alternativa do técnico Rodrigo Fonseca para o compromisso do próximo domingo, 07, às 16:00h, no estádio Antônio Carneiro, em Alagoinhas.

Também ficaram fora do treinamento com bola, o meia Fabinho, o lateral-esquerdo Ney Lima e o volante Cláudio, todos em trabalho de recuperação médica. Após o coletivo desta sexta-feira, 05, é que o técnico Rodrigo Fonseca definirá a formação do Itabuna, que seguirá no sábado, 06, para Alagoinhas, onde ficará concentrado no Alagoinhas Hotel Turístico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário